Enquete


Voce concorda com eleições gerais, em todos os níveis, para superar a crise brasileira?

Sim

Não

Indiferente

O Instituto


CNPJ: 58.631.607/0001-50
OSCIP: 08026.000856/2003-50
Fundado 21 de Novembro de 1989

CHOOSE YOUR LANGUAGE Portuguese English

Atividades

Projeto de segurança Municipal

Este 'White Paper' visa identificar um restrito número de problemas e soluções que afligem o setor da segurança pública na cidade de São Paulo.

Estes são problemas identificados como politicamente críticos que tem soluções de alto impacto e baixo custo para uma próxima gestão. Não trata de solucionar problemas cujo valor de solução é alto e de notório conhecimento.



As áreas em discussão:

1. Rapidez da troca de informação
2. Integração de Serviços Municipais
3. Vigilância de Bairro
4. Academia de Polícia do Cidadão
5. O Bico Policial
6. Remanejo da Guarda Civil Metropolitana


1. Rapidez da Troca de Informação

Problema:
A moeda corrente de uma boa policia é a rapidez na qual a informação chega nas mãos dos policiais encarregados de servir e proteger. Isto vale para todas as áreas de segurança, tanto inteligência, como investigação ou para o primeiro policial na cena. Sabemos que se passarem cinco minutos da ocorrência do crime até a chegada da policia no local do crime a probabilidade de prender o infrator é quase zero. O tempo de resposta para atender uma emergência deverá ser de três minutos ou menos, esta é a meta.

Solução:
Para alcançar esta meta será necessário o emprego de rádios na cintura de cada guarda civil metropolitano. Para custear o radio para cada guarda existem verbas para tal fim na própria fabrica de rádios, utilizando aqueles rádios que são recondicionados ou entregues ao fabricante por outras policias quando estes fazem um 'upgrade' do seu equipamento. O custo seria uma fração do custo de re-equipar a Guarda Civil Metropolitana com rádios 'zero quilômetros'.

2. Integração de Serviços Municipais

Problema:
A Guarda Civil Metropolitana só faz a guarda de prédios e praças do município de São Paulo, quando deveria atuar nas ruas do Município trazendo segurança aos seus moradores e não somente aos bens do município. Existe o chamado 'tipping effect' descrito pelo Prefeito Rudolph Guiliani de Nova Iorque que se refere ao clima de segurança criado na percepção dos moradores da cidade. O 'tipping effect' é a meta da integração de serviços municipais nas mãos dos guardas civis metropolitanos.

Solução:
Criar um livreto com a lista dos serviços do município de São Paulo com nome e telefones dos responsáveis por serviços a população. Assim quando o guarda civil depara com a carcaça de um carro abandonado, ao invés de deixar aquilo se tornar no escritório do marginal aonde são acondicionadas drogas, armas etc, ele poderá acionar o serviço responsável e tirar o carro abandonado de lá. E assim por diante, com lixo apodrecendo nas ruas, animais abandonados, luzes queimadas nos postes de rua, semáforos queimados, etc.

3. Vigilância de Bairro

Problema:
A teoria da janela quebrada (Broken Windows Theory) gera crimes e destruição do valor patrimonial do município e cidade de São Paulo. A teoria em essência diz que uma área mal cuidada dá o aspecto de abandono e assim o meliante achando que ninguém cuida da aérea pratica os seus crimes.

Solução:
A criação de um corpo de cidadãos civis, vigilantes de bairro, treinados pela guarda civil metropolitana, tendo um rádio de comunicação com a vigilância do bairro resulta em uma sensível melhora da segurança pública metropolitana. Este programa multiplica os olhos e ouvidos dos guardas civis assim ajudando-os a cuidar das edificações e praças e que passarão a agir contra o crime de maneira pró-ativa. O corpo de vigilantes de bairro é composto por aposentados ou pessoas de terceira idade que terão identificação oficial de vigilantes de bairros ou de guardas de travessia escolar. Este tempo é doado e em contrapartida as pessoas no programa terão uma nova 'identidade' do qual terão orgulho. Passarão a participar da segurança que é dever de cada cidadão de uma forma mais envolvente ao invés de ficarem ociosos. O município poderá se utilizar de uma mão de obra disponível e eficaz, já que a ética de trabalho do idoso é melhor do que o jovem ingressando na força de trabalho.

4. Academia de Polícia do Cidadão

Problema:
Em muitas camadas da sociedade municipal existe um medo ou receio dos serviços de segurança tanto do estado como do município. É fácil falar mal de alguém que você não conhece. E fácil criar um clima de insegurança quando não se sabe a profundidade do trabalho da guarda civil metropolitana.

Solução:
Criar um programa da Academia de Policia do Cidadão, convidando a população, especialmente aqueles do contra a conhecerem a Guarda Civil Metropolitana, fazendo cada 'turma' de alunos passarem uma noite por semana em cada um dos segmentos que compõe a Guarda Civil Metropolitana. Uma vez que o cidadão de São Paulo conheça os seus guardas, mais apoio a Prefeitura terá, criando assim através dos tempos uma legião de apoiadores. Este programa tem altos índices de sucesso aonde foi implementado.

5. O Bico Policial

Problema:
O guarda civil metropolitano faz bicos e muitos morrem nos bicos, muitas vezes atingidos por outros policiais que não os identificam como guarda, mas o vê detendo alguém com arma em mãos. Este custo é alto ao município e a família que perdeu um ente querido.

Solução:
Permitir o bico sob gerência da Guarda Civil Metropolitana e seus supervisores na seguinte forma. Quando o guarda quer fazer um bico ele leva este pedido ao seu supervisor, o supervisor aprova o local do bico, o guarda terá que ir fardado com seu uniforme, não poderá receber menos que uma quantia estabelecida por hora, para não baratear o conceito da Guarda Civil Metropolitana e terá que possuir o rádio para comunicar-se com a ronda atuando na área de trabalho. Quem ganha e quem perde com isto? O prefeito ganha porque tem mais guardas na rua, o guarda de serviço porque não precisa se preocupar com a área que esta sendo protegida pelo guardo no bico, o guarda fazendo o bico por estar ganhando um dinheiro que complementa o seu salário, a população por ter um senso de segurança maior. Quem perde, o meliante que perde espaço para atuar.

6. Remanejo da Guarda Civil Metropolitana

Problema:
A guarda civil metropolitana está engajada na proteção de edificações, praças e outros ativos da prefeitura. A população reclama que o guarda nada faz, e para complicar, hoje está aprovada a sua atuação contra os camelôs, o que por sua vez cria dúvidas na mente dos moradores do município de São Paulo, já que estes compram dos camelôs na rua que praticam preços mais accessíveis. O morador vê a guarda dando serviço de guarda ao município, presença da guarda para a classe média nas praças e vê o pobre camelô sendo reprimido. Três níveis de serviço, porem o guarda é o mesmo.

Solução:
Remanejo da guarda civil metropolitana para que ela entregue serviços de guarda para toda a população através de um programa de treinamento no 'large class format' formato de sala grande, onde o treinamento é dado para grandes grupos de guardas. O 'large class format' é dado em ciclos permanentes, dando ao guarda um senso de profissionalismo por ser constantemente capacitado a entregar serviços de guarda a população do município de São Paulo.