Enquete


Voce concorda com eleições gerais, em todos os níveis, para superar a crise brasileira?

Sim

Não

Indiferente

O Instituto


CNPJ: 58.631.607/0001-50
OSCIP: 08026.000856/2003-50
Fundado 21 de Novembro de 1989

CHOOSE YOUR LANGUAGE Portuguese English

Pedestre e Motorista

Lute por seus direitos

O Instituto Chamberlain desde suas origens tem uma profunda preocupação com a questão do trânsito e do transporte, por essa razão criou o Centro de Seguraça dos Usuários das Vias - CENSUS.BR.

O CENSUS.BR tem por objetivo defender os direitos dos usuários-consumidores dos serviços das vias e desenvolver projetos técnicos que transformem o trânsito e o transporte em uma atividade cada vez mais eficiente e segura.

Nesse sentido, o Instituto Chamberlain apóia, incentiva e mantem um termo de parceria com o movimento nacional TRAFEGAR, na luta pelos direitos e obrigações de pedestres e condutores.

O Brasil, apesar dos avanços conseguidos com o novo Código de Trânsito, continua muito distante de possuir um trânsito humano. Na guerra de todos os dias todos perdem, mas como sempre o elo mais fraco é responsabilizado por tudo. Motoristas e pedestres são constantemente apontados como a causa de todos os acontecimentos. Mas, serão estes os únicos responsáveis...

Mobilizar os consumidores-usuários dos serviços das vias e conscientizar os cidadãos sobre suas obrigações e direitos é o que faz o Trafegar. O cidadão comum desconhece o Código , os riscos do trânsito e os procedimentos mais simples para evitar ou diminuir acidentes. Informá-lo e esclarecê-lo significa salvar vidas.

Assim, parafraseando Fernando Pessoa, deve-se lembrar que Trafegar é preciso, viver também é preciso. Isso é valido para pedestres e condutores, mas também para as autoridades e agentes de trânsito.

O trânsito é caótico e perigoso porque o Estado não cumpre corretamente com suas obrigações. Não basta existir o Código é necessário fazê-lo cumprir. Mas isso só é possível com o rigor na habilitação, com um programa de educação para a cidadania no trânsito, com a constante fiscalização e punição dos infratores, com a conservação, sinalização e correção das vias, com o respeito e fiscalização das faixas de pedestres e principalmente com o exemplo das autoridades.

Antes de cobrar uma atitude dos cidadãos é necessário que o próprio Governo cumpra com o que a Lei determina. Iniciando por aplicar todos os recursos provenientes de multas, em engenharia, fiscalização e educação de trânsito. É o que manda o Código e os governos na maioria deixam de cumprir.

O Centro de Seguraça dos Usuários das Vias convida a todos a se unirem em torno do movimento TRAFEGAR e juntos pressionarem as autoridades para que façam cumprir o Código de Trânsito, exigindo respostas a algumas indagações, tais como:

- Quanto foi arrecadado de multas desde que o novo Código foi implantado e o que foi feito com esses recursos, inclusive no que se refere a Fundo Nacional de Segurança e Educação para o Trânsito - Funset;

- Qual o teor dos contratos de concessão das rodovias federais e estaduais, principalmente no que se refere a investimentos em segurança e fiscalização;

- Qual o teor dos contratos de fiscalização eletrônica para as vias urbanas e rodoviárias;

- Quais os pontos críticos das estradas federais e estaduais e das principais vias das cidades brasileiras;

- Qual o tamanho da frota ou o volume médio de tráfego nas cidades e estradas e qual o numero de agentes designados para fiscalizá-las.

Essas são algumas questões, provavelmente Você tenha outras. Transforme sua indignação em ação. Seja um agente transformador da sociedade brasileira.

Venha Trafegar, junte-se a nós.